sábado, novembro 27, 2004

9. "O Código Da Vinci" Dan Brown



Novembro...

...mês das castanhas, da água-pé, também da jeropiga e da prova do vinho.
A apanha da azeitona e as lides que lhe são inerentes ocupam o dia-a-dia dos pequenos povoados do interior enquanto geadas se abatem sobre os campos.
Indiferente a tudo isto, nas grandes cidades, o quotidiano decorre sem grandes artefactos... mais um dois concertos, meia dúzia de filmes e peças de teatro a estrear, algumas exposições abertas ao público e a habitual correria semanal, casa-trabalho... trabalho-casa....
Mas... em todos os recantos, as iluminações de Natal chegam e imperam relembrando ao Homem que um dia houve, não necessariamente a 25 de Dezembro, em que um ser muito especial nasceu. Um líder... que mesmo nos tempos que correm move multidões e os faz acreditarem com esperança no dia que despontará amanhã!
Recentemente tive a oportunidade de ler "O Código Da Vinci" de Dan Brown... um romance, na minha opinião, que aborda um ou outro ponto de referência válido e real!
Estupefacta, e após de horas de pesquisa constatei que, efectivamente, existe uma imagem feminina no quadro de Da Vinci, intitulado "A Última Ceia" e, com efeito Maria Madalena poderia descender da poderosa Casa de Benjamim não sendo, como tanto se apregoa, uma prostituta... Mas mais que isso, existiu realmente o Priorado de Sião havendo mesmo registos de que tenha sobrevivido até aos dias de hoje.
Mistérios que a história não nos permite revelar fidedignamente quando, como é relatado e bem por Dan Brown, "A Bíblia é um produto do Homem... (...) O Homem criou-a como um registo histórico de tempos tumultuosos, e tem evoluído ao longo de inúmeras traduções, adições e revisões."
Como saber o que é real... ou o que é fruto da imaginação humana?! Será certamente tão difícil responder a esta questão como a uma outra:

De onde vimos... para onde vamos?!

"...e Deus criou o Homem." ... assim o refere a Bíblia. No entanto quem ainda não ouviu falar da Teoria de Darwin acerca da evolução das espécies?
A eterna batalha entre o evolucionismo científico e a Bíblia persiste mas o certo é que, na verdade "O Código Da Vinci" é um belo exemplar de literatura que nos cativa, intriga e convence da existência de muitos mistérios que ciência e religião nunca, pelo menos até aos tempos que se antevêem, poderão explicar!

4 comentários:

Pablo disse...

Terás de buscar en ti própria a resposta. Nada é o que parece. A História uma manipalaçao do homem. A verdade absoluta nao existe. Só pequenos pedaços dela. Um mesmo deve procurar onde é que está a verdade.
Descobreste o M? Leonardo posuía a verdade. Agora é a nossa hora.
Gostei imenso do teu blog. Eu moro en Galiza. A direcçao do meu blog é
http://albixoi1314.blogspot.com/
Espero ver-te por ali.
PD: Desculpa se cometi alguma falta. Procurarei melhorar. Vemo-nos.

Maria disse...

Opiniões... ideias vagas sobre os mistérios vedados da história todos temos e mesmo que se procure uma vida inteira não passaremos disso!
Respostas?! Concretas... são o mais mágico segredo que alguém nos impediu de atingir!
Descobri o M... tal como redescobri o fascínio pela história e pelos mistérios que abarca.

:)

(obrigado pelo comentário, Pablo)

Luís Felipe disse...

A minha dúvida permanece intacta: o que é real? Real é o que penso? Como saber se o
o meu julgamento sobre algo ou, principalmente, alguém, condiz com a realidade ou, pelo menos, com o que a pŕopia pensa? Existe outro caminho para isso alem da simples pergunta: "ei o que você pensa?"? Esse caminho (o das perguntas) não é muito confiavel...palavras não são boas em sintetizar pensamentos e sentimentos.
Esperando respostas e grato desde já.

Anónimo disse...

o que eu estava procurando, obrigado