terça-feira, maio 01, 2007

122. Conta-me...


Conta-me os porquês
Que gostava de responder
Quando olho para ti,
Tão homem e tão menino,
E descubro um medo sem fim
De que o amor não seja assim!

O que te levará a não acreditar,
A teimar em não ver, nem ouvir,
Que a vida é mesmo o que recusas
Quando te contentas em contemplar…
do lado de cá do palco?!

Abraço-te sem sentires,
Acarinho a tua face…
Sem pressentires,
Movida por um amor…
Que não é mais que o de amiga
Mas que só a muito custo identificas
E não temas…!!
A saudade é apenas a vontade de te ter assim,
Num outro patamar
Onde nada me faz hesitar,
E onde a luz me faz girar
Na certeza que um dia…
Vais olhar para dentro de ti,
Descobrir a chama…
E admitir numa infinita alegria
Que eu estava certa…!!
Tão certa ao te pedir
Para te deixares conquistar…

Sorrio por entre a brisa
E espero pelo teu olhar,
Pela tua voz rouca e calma,
Pelo aconchego de saber
Que a réstia de pavor te abandonou
E que o momento é de amor…

Por aí, num recanto qualquer…
Perdida em pensamentos
E desejos que são os teus,
Está aquela que te fará acordar…
Entre olhares sorridentes,
Suspiros crescentes,
E partilhas urgentes…

Acredita em mim!
O Amor é assim!
…chega, de mansinho,
quando menos se espera
e quando já, na sua ausência, se desespera!!

7 comentários:

lena disse...

Maria, minha doce menina

belo o que li, que saudades, tantas, tantas, tantas

um suspiro entre as tuas partilhas que me sabem tão bem

abraço esses sentires


beijinhos muitos para ti

lena

Anónimo disse...

Esperar valeu a pena! já agora para quando um livrito?
n desistas, miuda! Beijo grande
Rui

Anónimo disse...

Beijo e saudades tuas e da tua escrita.
Ana

Sailing disse...

Que belo poema ... que sentimento exprimido nas palavras que descrevem o sentimento. PArabens ... voltarei em breve

Unicus disse...

Há paixão nas palavras..

cricardo disse...

UuuF!
Por um acaso vislumbrei-te, por curiosidade, vim recordar!
Valeu a pena! "Ler-te é um prazer!!!
Bjo Grande !

Maria disse...

Um beijinho a todos e obrigada pelas palavras e pela visita. Pouco a pouco vou regressando a este cantinho, ainda que timidamente num compasso muito lento e longe daquele que desejava.
;)

Com carinho.

M