domingo, janeiro 08, 2006

109. Códigos


Ter ou não ter mais nada
Que sete vidas em cada seis segundos
sem esquecer que os sonhos são tão profundos...
Doces e abstractos, como o destino.

Ter ou não ter mais nada
Que oito, talvez quatro, porções mágicas
Daquele que é o cintilante elixir... da caminhada,
E que afasta do trilho o negrume cerrado,
Que à noite tudo envolve.

Ah!! Ter ou não ter... mais nada
Que oito, cinco ou três...
Ou um único momento de felicidade...
Aquele em que decifrada a charada
Se conquista a sublime sensação
E se escuta embevecido a voz...

Ter ou não ter?! Mais?! Nada?!

A voz! O toque! A descoberta... ou o código!

14 comentários:

Luís disse...

Se se trata de um código que a maria tem de descobrir, então que seja um fácil de decifrar. Caso contrário, então que a voz seja doce, o toque suave e a descoberta aliciante.

Ou então o código é tal que não percebi nada e este comentário é uma parvoice... o que até nem me admirava assim tanto.:-)

Tenho saudades da Catarina.

Amanha ou depois vou ver obras pintadas por si...e tou todo contente.

beijinho Maria, sem códigos

Tino disse...

Eu sei , eu sei !!!!! Mas não digo nada!!! Quando a Maria me disse eu nem queria acreditar!!!!!!!!!!! Luís a minha amiguinha é muito á frente!!! Beijinhos fofinha!abraço Luís!

a-bordo disse...

olá. tenho andado um pouco fora da net e vou continuar nos tempos mais próximos; ainda assim, gostaria de receber a continuação dos laços; beijo. ps. um mail onde te dava conta deste desejo, regressou para trás, por isso, e se não for pedir demais, pedia para que usasses o meu que se encontra no meu blog.

cbRicardo disse...

Bem, às vezes faltam palavras para descrever a tua poesia (desculpa o atrevimento, que considero mais "tua" e mais ... que a prosa). Ao contrário do Luís, ainda bem que a Catarina espera!
Eu não sei, se sei, mas quando penso e sinto, julgo que acertei!

Bjinhos Maria ! Força

Paz Kardo disse...

Gosto muito do novo aspecto poético do teu blog. A tua poesia mexe comigo, fantástico!!!

http://ausenciapazkardo.blogspot.com

lena disse...

a Voz e o Toque, sem códigos Maria

como gosto de escutar a Voz, a Voz que algo me diz e me toca sem magia, mas com muita emoção

uma caminhada atá aqui faz-me bem e quanto adorava ver um quadro teu, menina das artes

beijinhos meus muitos e com saudades de te ler

lena

Maria disse...

Luís,
na verdade o código é mais complicado do que aparenta e não sou eu que o tenho que descobrir.

:)

Um beijinho
M

Maria disse...

Tino,
tu sabes é de mais! :))

Beijinhos para o meu amiguito lindo

Maria disse...

a-bordo,
espero que o regresso esteja para breve mas de qualquer forma aqui fica a promessa de enviar a continuação do romance para o email.

Um beijinho e, espero, até breve.

Maria disse...

cbricardo,
nada a desculpar. ;)

Quanto ao código... :)) penso que não acertaste.

:)
Penso!

Beiinhos

Maria disse...

Ricardo Teixeira,
agradeço-te as palavras e aproveito para te dar os parabéns pelo livro que ainda não li mas fica prometido fazê-lo.

Um beijinho

Maria disse...

Lena,

às vezes os códigos surgem mas com uma tal magia que quando partilhada têm um sabor muito especial.

Quando a um quadro meu... a exposição ficará no Angel's até 10 de Fevereiro, quem sabe se a oportunidade surge.

Um beijinho meu com carinho,
M

cbRicardo disse...

Pois é, ... todavia a minha presunção (cada um ...), diz-me que acertei ! Eh! Eh!
A solução, é para ti muito boa!
Mas só te digo a ti!
Quiçá por vergonha de errar! Eh! Eh!

Bjinho Maria e não "trabalhes" muito Vive! (eu sei que o deves fazer)

Maria disse...

:)
cbricardo,
não contesto mais mas... :)

Quanto a trabalhar muito, acho que não consigo deixar de o fazer ainda que isso não seja sinónimo de não Viver! ;)

Beijinhos